Montagem dos elencos para a disputa do Tocantinense

18 janeiro, 2017 :: Nenhum Comentário

me-6-thumb

Ano após ano, campeonato após campeonato e a mesma novela vai sendo reprisada na dificuldade na montagem dos plantéis dos clubes visando a disputa do estadual no Tocantins.

Quase em sua totalidade, os clubes necessitam do apoio irrestrito dos governos municipais para custear boa parte das despesas, e nesta época de transição em algumas prefeituras é inevitável o choque de siglas partidárias para comandar a diretoria de vários times tocantinenses, causando incertezas de suas participações, protelações na apresentação de comissão técnica e atletas e assim por diante.

Outro aspecto negativo do nosso futebol são as condições dos estádios que sediarão os jogos do estadual que terá inicio em 11 de março, com raras exceções, alguns não tem condições e dificilmente irão passar nas vistorias necessárias e obrigatórias que a FTF determina.

Voltando a discorrer sobre a montagem dos elencos, questiono quanto aos gastos que são realizados e qual legado é deixado após a participação das equipes na competição? Quantos jogadores da base foram aproveitados e revelados durante o certame? O certo é que não adianta montar times de verão, consequentemente conquistar algum titulo e no ano seguinte, fazer a mesma coisa.

Sei que é tarefa árdua dos cartolas Tocantinenses a montagem das equipes, são despesas de toda natureza, portanto é necessária a mudança de planejamento, o ponto futuro tem que ser almejado de forma mais incisiva, pois aquela máxima que “NOSSO FUTEBOL PATINA” poderá ser facilmente alterada para “NOSSO FUTEBOL ESTÁ RETROCEDENDO”, é momento de Dirigentes de clubes, Federação, Imprensa, Governo e iniciativa privada dar as mãos e procurar melhores meios para a sobrevivência do nosso sofrido e combalido futebol.

Compartilhar

Nenhum Comentário

Deixe seu comentario no Montagem dos elencos para a disputa do Tocantinense. participe clique aqui