Moisés Avelino e Celso Moraes recebem diretores do Atlético Cerrado

1
532

O Prefeito de Paraíso do Tocantins, Moisés Avelino e o vice, Celso Moraes receberam na tarde desta quarta feira, dia 20, o novo diretor de futebol do Atlético Cerrado, Ederli Batista e a responsável contábil do clube, Daniela Catita.

O encontro foi viabilizado através do secretário municipal de esportes de Paraíso do Tocantins, Osmarivam Moreira. O primeiro a usar a palavra foi o diretor Ederli, que, até o último dia 06 de fevereiro estava trabalhando no Palmas Futebol e Regatas, e agora ajudará na montagem do plantel do Cerrado, bem como na captação de recursos, visando à disputa do estadual 2019, que terá inicio no final de março.

Foi anunciado o empresário da comunicação Tony Rêgo, como novo presidente do clube e que até o fim desta semana, a diretoria já anunciará o nome do técnico e sua comissão e também boa parte dos atletas que farão parte do elenco para a atual temporada.

O prefeito Avelino disse que o secretário Osmarivam tem total liberdade em promover e contribuir com o futebol profissional da cidade, porém alertou da necessidade que a prestação de contas do convênio seja feita em tempo hábil, pra que desta forma o trabalho possa ser realizado com lisura e transparência.

Para o secretário Osmarivam Moreira, o mais importante é terminar a participação no campeonato com todas as obrigações quitadas, pois infelizmente ao final de todo certame ficam contas para trás e os credores buscam solucionar os débitos junto ao poder público e a situação fica constrangedora, Moreira também pediu aos cartolas do cerrado que façam um cronograma de treinamento e repassem à secretaria de esportes, pois o gramado do Pereirão também é utilizado para as escolinhas de iniciação esportiva e os campeonatos amadores da cidade.

Celso Moraes, vice-prefeito afirmou que somente cumprindo na íntegra o planejamento financeiro, o clube poderá chegar ao final do campeonato com a saúde financeira boa, e também alertou que as pendências financeiras que ficaram da disputa da 2ª divisão em 2018 necessitam ser acertadas o mais rápido possível, pois o nome que fica como ruim pagador é do Clube e isto pode atrapalhar para conquistar futuras parcerias.

Os valores a serem repassados ao Clube Atlético Cerrado ainda não foram definidos oficialmente, pois a prestação de contas do convênio de 2018 ainda não foi aprovada e para pleitear uma nova ajuda é preciso que isto seja resolvido o mais rápido possível.

Da redação: Rochinha Martins e Maycom Camargo

1 Comentario

  1. Estou na torcida…espero que o Atlético Cerrado possa fazer um grande campeonato, e quem sabe até sonhar com o título tão almejado e de tamanha importância para a cidade de Paraiso.Hj no Espirito Santo mas, morador de Paraíso estarei acompanhando e torcendo pelo nosso futebol.

Responda

Please enter your comment!
Please enter your name here