Diretoria do Camaleão libera jogadores para economizar no orçamento!

0
133

Para conter despesas de R$ 130 mil mensais, com folha salarial, alimentação, hotel, aluguel de residência e transporte de jogadores dentro da cidade, o presidente do Gurupi, Wilson Castilho, liberou ontem o elenco até que a CBF resolva a data do início do Campeonato Brasileiro da Série D. Prevista para começar no último dia 27, a Série D, assim como a Série C, foi suspensa em razão de ações judiciais na Justiça Comum, impetradas pelo Araguaína, Brasil (RS), Treze (PB) e Rio Branco, buscando se manter na terceira divisão.?Segundo Castilho, o clube chegou ao limite e não tinha mais como segurar o “rojão”, pois os jogadores estavam há exatos 30 dias só treinando.

“As despesas são fixas e não tem como bancar sozinho este montante. Não fosse a prefeitura nos ajudando já teríamos dipensando todo mundo bem antes”, comentou o presidente, lembrando que os atletas foram liberados, mas a diretoria efetuou o pagamento dos salários e parte do bicho que havia ficado pela conquista do Tocantinense no mês de maio.
52 mil
Castilho revelou ainda que o período que o elenco ficará fora de ação no clube, por cerca de 12 dias, já que eles foram dispensados dia 13 e só retornarão dia 25, a diretoria vai economizar R$ 52 mil. O presidente, no entanto, afirmou que se a CBF não resolver o mais rápido possível o início do campeonato, o Gurupi  irá desistir da disputa. “Nosso planejamento é que o Brasileiro comece até o dia 1º de julho, depois disso vamos cair fora”, garantiu Castilho. O atual elenco do Gurupi é composto de 26 jogadores, sendo nove de Gurupi e 17 de fora do Estado.

Responda

Please enter your comment!
Please enter your name here